Obras Publicadas

Obras

Poesia

… da minha Saudade, Ed. Meio Dia, Porto, 1941

Ladeira, Ed. Gente Nova, Porto, 1945

Música do Silêncio, Coimbra, 1957

Ladeira, 2ª ed., Porto, 1964

As Sombras dos Dias, Ed. Nau, Porto, 1967

Ilha Verde, Ed. Nau, Porto, 1968

Galiza da Minha Ternura, Gaia, 1994

Janela – e Rua e Mar ao Fundo, Artescrita, 2008

Criança Meu Amor Sempre, C. M. O. A., 2009

Quando a Poesia é Visita…, Porto, 2010

Canas ao Vento e Canções do Mal-Amado, Porto, 2011

 

Ficção

Um Rio Separa os Homens, Coimbra, 1957

Terra Abandonada, Porto, 1963

Os Vendedores de Pedras, Ed. C. M. V. N. G., 199

 

Ensaio

Ferreira de Castro, o Homem, Separata do In Memoriam de Ferreira de Castro Gaia, 1984

Quando um Rio é Memória, Comunicação, in 1º Congresso do Rio Douro, Gaia, 1988

Cecília Meireles ou a Poesia Total, Conferência na A. J. H. L. Porto

O Universo Poético de Alexandre Herculano, Conferência na Casa-Museu Teixeira Lopes, Gaia

Requiem por Um Discurso Poético…, Comunicação apresentada ao 1º Congresso de

Antropologia de Gaia

Domingos Carvalho da Silva, um Poeta Ausente, Comunicação, no Primeiro Encontro dos

Escritores de Gaia

 

Recensões críticas na Imprensa

Noticias d’Évora, {Da minha saudade por Alfredo Pinto}, 04/01/41

Jornal de Moura, {Da minha saudade por Artur Tojal}, 25/01/41

Estrela do Minho, {Da minha saudade por Pina Martins}, 30/11/41

Correio de Azeméis, {Ladeira, por M. Mentarfa}, 10/11/45

Flama, {Dois contistas – narradores por José Blanc de Portugal}, 30/08/63

Diálogo {Estante}, {sobre Ladeira por Mendonça Prada}, Out. 64

República das Letras e das Artes, {sobre As Sombras dos Dias por Alfredo Guisado}, 22/09/67

Diário do Minho, {sobre Ladeira, Música do Silêncio e As Sombras dos Dias}, 25/10/67

Diário do Minho, {Um romancista em novelas por Gualter Póvoas, pseudónimo de Francisco J.

Veloso}, 19/02/68

Diário de Notícias, {sobre Ilha Verde por Amândio César}, 31/10/68

Faro de Vigo, {sobre Ilha Verde}, 13/04/69

 

Artigos publicados na Imprensa

“Sonata do alvorecer”, A Opinião, 1936.

“Retalhos”, Voz de Portalegre, 1940.

“Picuinhas … “, A Opinião, 22/9/1940.

“Filhos da rua”, A Opinião, 10/11/40.

“Balanço dum ano lindo”, Estrela do Minho, 19/1/1941.

“Bisantinismos”, Estrela do Minho, 15/6/41.

“Notas sobre pedologia”, Estrela do Minho, 14/12/41.

“Editoriais e traduções”, Diário de Coimbra, 10/1/1944.

“O Brasilismo na obra de Gonçalves Crespo”, A Voz de S. Tomé [Artes e Letras), 12/5/56.

“Lanza Del Vasto”, A Voz de S. Tomé [Artes e Letras), 3/11/56.

“Quando as Pedras falam”, Jornal Cucujães, 22/3/81.

“Quando as Fronteiras se Abatem”, Jornal Cucujães, 22/3/81.

“Por terras galegas [Homenagem à Mulher Galega e Portuguesa)”, Jornal Cucujães, 22/7/81.

“Ecos de uma Bienal”, Jornal Cucujães, 8/10/81.

“A conversação, uma arte em crise”, Jornal Cucujães, 22/10/81.

“Coisas perdidas”, Jornal Cucujães, 8//11/81.

“Dacolá, dali, … e daqui”, Jornal Cucujães, Fev., Abr., Out./83.

“Em defesa da Língua, ainda” [editorial), Jornal Cucujães, 16/5/83.

“Quando a Mãe é memória”, Jornal Cucujães, 15/7/83.

“O dia da Mãe”, Jornal Cucujães, 15/7/83.

“Desaportuguesar Portugal” [editorial), Jornal Cucujães, 20/10/83.

“Sob o signo da intranquilidade” [editorial), Jornal Cucujães, 5/11/83.

“Pequenos povos, Grandes lições” [editorial), Jornal Cucujães, 29/2/84.

“Noite de Natal”, Correio de Azeméis, 24/12/84.

“A mulher dos papéis”, Gaia Semanário, 24/6/87.

“Pontos de ltica. À memória de Rosalia de Castro”, Brétema [J.N.G.), Dez. 87.

“Ano Novo”, Brétema [J.N.G.), Fev. 1988.

“O Natal na Poesia Portuguesa”, Correio de Azeméis, 14/12/90

 

Obras sobre o Autor

Agostinho Gomes, vida literária (aos que depois de mim vierem), por Rosa Maria Oliveira, Ed.

da C. M. de Oliveira de Azeméis, 2004 – para comemorar, o 5º ano do Concurso Nacional de

Poesia Agostinho Gomes, instituído pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

 

Traduções

Contos de Guy de Maupassant

Contos de C. F. Ramuz

Proso-Poemas da Literatura Francesa

 

Títulos inéditos

Flores para um túmulo – Contos

Os sinos de Baïgory – Poesia

Ilha dos Amores (Madeira) – Poesia

Quando a poesia é visita – Poesia

Histórias Pequenas – Contos

Père Lachaise – Poesia

Poemas para os meus Netos – Poesia

 

Para mais informação consulte a Biobibliografia de Agostinho Gomes, disponível na página oficial da Biblioteca Municipal Ferreira de Castro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.