Carla Pais venceu o XXII Concurso de Poesia Agostinho Gomes com a poesia “A Cobiça das Nascentes”

cerimónia2021FB

No dia 29 de outubro de 2021, a Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, em Oliveira de Azeméis, realizou a cerimónia de entrega de prémios do XXII Concurso de Poesia Agostinho Gomes.

Carla Marisa Pereira Vieira Dias, de Boussy Saint Antoine, em França, venceu a 22.ª edição do concurso com o poema “A COBIÇA DAS NASCENTES”.

O segundo lugar distinguiu a poesia “FORMA DO SILÊNCIO”, da autoria de João Carlos Costa da Cruz, de Febres, concelho de Cantanhede, e o terceiro lugar foi entregue a Tchello d´Barros, do Rio de Janeiro, Brasil, que concorreu com o poema “ECONOMIZE-ME”.

O concurso contempla também o prémio Revelação Juvenil que foi entregue a Pedro de Oliveira Granado, de Brasília, Brasil, com o poema “OS OLHOS VERDES DELA”.

A edição deste ano reuniu 315 poesias, inéditas e escritas em língua portuguesa, de participantes nacionais e estrangeiros. Ao longo destas 22 edições foram admitidos 6882 concorrentes e 9763 poesias.

Com a sua primeira edição no ano 2000, este concurso é uma iniciativa impulsionada pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis através da Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, pela Junta de Freguesia de Cucujães e pelo NAC que tem como objetivo homenagear o poeta cucujanense Agostinho Gomes e, simultaneamente estimular a escrita de originais de poesia.

Brochura com as poesias premiadas »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.