Recordando Agostinho Bento Gomes

Agostinho Bento Gomes

Agostinho Bento Gomes, filho do escritor, poeta e docente cucujanense Agostinho Gomes e de Ilda Gomes Bento Fraga, professora do 1º ciclo, nasceu a 22 de Julho de 1952, na freguesia da Glória em Aveiro. Filho dedicado, Agostinho Bento Gomes empenhou-se apaixonadamente no restauro da casa em que seu pai nasceu, na vila de Cucujães, e que lhe coube em herança, o que configurou um profundo preito de homenagem à sua memória.

Desde o início da realização do Concurso de Poesia Agostinho Gomes, esteve sempre presente ao longo das suas sucessivas edições, exibindo uma disponibilidade e um envolvimento extraordinários, desde a cedência e partilha de documentos e informações, à divulgação e promoção do próprio concurso, ou na colaboração e na participação nos diversos eventos e atividades dinamizadas.

Enquanto detentor do rico e vastíssimo acervo bibliográfico de seu pai, em especial na área das literaturas portuguesa e francesa, manifestou sempre o desejo de dar a este património um destino “digno” e tornar essas obras acessíveis a um público leitor mais vasto.

Sempre motivado com este propósito, nos últimos anos da sua vida dedicou-se quase em exclusividade a tratar os milhares de manuscritos dispersos, deixados pelo pai, e que deram origem a vários livros já publicados e ainda conseguiu tratar cerca de duzentos poemas.

 

Veja o vídeo de homenagem a Agostinho Bento Gomes, apresentado na Cerimónia de Entrega de Prémios do XII Concurso de Poesia Agostinho Gomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.